Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Rumor apenas

O tempo encolhe-se na linhas de cor antiga,

a sépia as percorre como pauta.
 
Ouve-se a voz perdida entre as falésias,
levada pelo vento perturbado de espuma.
Ressoa na distância o adeus soprado, difuso,
já sem cor ou rosto. Rumor apenas.
 
Um adeus de oceanos sem carta que os una,
apenas rochas escavadas por dentro das tardes   
e o temor de não haver nem essa voz desvanecida.  
publicado por João Villalobos às 18:26

link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Once a 18 de Fevereiro de 2009 às 11:51
Ecos João .. tão importantes os ecos na nossa existência. Ainda que por vezes nos remetamos ao silêncio.

Gostei :)
De ergela a 26 de Fevereiro de 2009 às 16:40
O João continua em forma, meu amigo!
Um abraço.

Estou sem computador, não posso dar resposta, se a merecer, claro!
Um abraço de amizade.
De Margarida a 30 de Março de 2009 às 19:33
Cof, cof..., cavalheiros, por acaso perderam-se no calendário?!
á estamos nos final de Março, cadê os 'posts' lindos?!
De CNS a 15 de Abril de 2009 às 11:39
Pena que as Penas deste Flamingo não sejam publicadas com mais frequência...

Comentar post

.mais sobre nós

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Penúltima canção

. Cena de ciúmes

. Naquele tempo

. Nada e o mundo

. Na varanda das noites

. O seguro

. Aos domingos

. Onde os pássaros mordem

. Uma coisa estúpida

. London distance call

.arquivos

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds